• Abstract

    As afecções relacionadas ao sistema osteomuscular têm se tornado cada vez mais comuns, mundialmente, durante as últimas décadas e estão entre as mais importantes causas de morbidade e incapacidade em adultos.  Diante desse cenário pode-se levar em consideração os estivadores que são trabalhadores responsáveis pela movimentação da mercadoria, trabalhando em depósitos, galpões. Devido ao grande esforço e levando em conta os pesos excessivos, esses trabalhadores estão expostos à problemas de saúde como doenças de pele, doenças musculares e osteoarticulares e ainda os distúrbios por esforços repetitivos. Objetivou-se com esse artigo realizar um levantamento bibliográfico a respeito das alterações osteomusculares que são associadas e oriundas do processo de trabalho da classe dos estivadores. Trata-se de uma revisão de literatura, no qual foram utilizados artigos científicos publicados no Scielo, Bireme, Biblioteca Virtual da Saúde e LILACS em todos os índices pesquisados. Foi realizado uma busca por artigos que abrangessem os trabalhadores avulso, as condições de trabalho e ainda doenças relacionadas ao seu processo de trabalho. Diante do exposto foi possível entender que a classe dos trabalhadores avulsos ou estivadores ainda apresenta características de trabalho manual/braçal e que isso acarreta diversas complicações no que diz respeito à saúde deste trabalhador, principalmente no aspecto físico, sendo as doenças osteomioarticulares as maiores causas de doenças relacionadas ao trabalho.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Multidisciplinary Reviews

How to cite

Reis, G. S. S., Cirilo, S. S. V., Rocha, R. de S., Melo, D. de C., & Lucas, M. N. (2018). As condições de trabalho e a ocorrência de lesões osteomusculares em profissionais estivadores. Multidisciplinary Reviews, 1, e2018020. https://doi.org/10.29327/multi.2018020
  • Article viewed - 105
  • PDF downloaded - 49