Estratégias de alimentação e manejo utilizadas para minimizar o consumo seletivo de bovinos de leite e corte

Authors

  • Matheus Silva Rodrigues Graduando em Agronomia, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (Campus Iporá), Iporá, GO, Brasil.
  • Jhonatan Lafaete Freitas Lourenço Graduando em Agronomia, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (Campus Iporá), Iporá, GO, Brasil.
  • Lorena Martins Oliveira Graduando em Agronomia, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (Campus Iporá), Iporá, GO, Brasil.
  • Mateus da Silva Maia Graduando em Agronomia, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (Campus Iporá), Iporá, GO, Brasil.
  • Rowberta Teixeira dos Santos Graduando em Agronomia, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (Campus Iporá), Iporá, GO, Brasil.
  • Tiago do Prado Paim Médico Veterinário do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (Campus Iporá), Iporá, GO, Brasil, Doutorando em Ciências Animais pela Universidade de Brasília.
  • Eduardo Rodrigues de Carvalho Professor de Zootecnia, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (Campus Iporá), Iporá, GO, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-7981-4642

DOI:

https://doi.org/10.29327/multi.2018013

Keywords:

dieta, partícula, preferência, ração, rejeição, seleção

Abstract

Os bovinos possuem a capacidade natural de selecionar contra ou a favor determinados ingredientes da ração de acordo com o tamanho das partículas, comportamento denominado de consumo seletivo de partículas da ração. Este comportamento alimentar pode resultar na diminuição da ingestão de nutrientes e não atender as necessidades nutricionais diárias dos animais subordinados que terão acesso ao comedouro em horários posteriores à oferta da ração fresca, ou, por outro lado, ocasionar a redução do pH ruminal e surgimento da acidose ruminal pelo consumo excessivo de carboidratos altamente fermentescíveis no rúmen em animais dominantes. Existem vários fatores que influenciam o consumo seletivo de partículas da ração, desde a composição da dieta, qualidade da forragem e aspectos comportamentais inerentes ao animal. A metodologia para determinação do consumo seletivo de partículas da ração é simples e possibilita mensurar com acurácia a ingestão de cada classe de partículas realizada pelo animal. Neste contexto, objetiva-se nesta revisão abordar as principais estratégias de alimentação e manejo que podem ser utilizadas para minimizar o consumo seletivo de partículas de bovinos de leite e corte.

Downloads

Published

2018-09-29

How to Cite

Rodrigues, M. S., Lourenço, J. L. F., Oliveira, L. M., Maia, M. da S., Santos, R. T. dos, Paim, T. do P., & Carvalho, E. R. de. (2018). Estratégias de alimentação e manejo utilizadas para minimizar o consumo seletivo de bovinos de leite e corte. Multidisciplinary Reviews, 1, e2018013. https://doi.org/10.29327/multi.2018013

Issue

Section

Review Article

Most read articles by the same author(s)