“O cavalo líquido”: Como a filosofia contribui para a Medicina Veterinária

Authors

  • João Paulo Novelletto Pisa Universidade Federal de Santa Catarina, Rod. Admar Gonzaga, 1346, Itacorubi 88034-000, Florianópolis, SC, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-7728-9293
  • Denise Pereira Leme Universidade Federal de Santa Catarina, Rod. Admar Gonzaga, 1346, Itacorubi 88034-000, Florianópolis, SC, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-9850-6979

DOI:

https://doi.org/10.29327/multi.2021001

Keywords:

bioética, devir-equino, one welfare

Abstract

Os equinos são utilizados pelo ser humano por diversos motivos desde o início da civilização, sendo retirados da natureza para um novo modo de vida, que nem sempre condiz com sua animalidade. Atualmente, há movimentos para que os animais sejam tratados de forma mais ética, o que coloca os médicos veterinários como sujeitos importantes para garantirem que isto aconteça; e para isto, precisam de uma formação reflexiva. O objetivo deste estudo foi fazer uma mini-revisão para mostrar como a filosofia pode contribuir com a medicina veterinária, principalmente na reflexão sobre o ser animal, a ética no uso dos equídeos e para nossa sociedade, nas questões que envolvem animais não-humanos.

Downloads

Published

2020-12-08

How to Cite

Pisa, J. P. N., & Leme, D. P. (2020). “O cavalo líquido”: Como a filosofia contribui para a Medicina Veterinária. Multidisciplinary Reviews, 4, e2021001. https://doi.org/10.29327/multi.2021001

Issue

Section

Mini-Review

Most read articles by the same author(s)