• Abstract

    Uma espécie é um bioindicador, quando apresenta ou não, tolerância às variações ambientais. Com isso, a importância delas é justamente identificar a relação que ocorre entre os seres vivos e os parâmetros ambientais e as mudanças provocadas ao meio ambiente oriundas das ações, associadas a elas. O objetivo desta revisão é apresentar de forma clara a importância dos indicadores biológicos na avaliação da qualidade da água, as principais respostas emitidas pelo fitoplâncton, submetidos a mudanças climáticas. Os dados obtidos e analisados indicaram que não deve ser ignorado que a integridade biológica dos ecossistemas aquáticos também irá influir na identificação das necessidades da população, seja para consumo, agricultura, pecuária, lazer ou proteção/manutenção ambiental. Logo, estudos alertam para um aprofundamento e maior frequência acerca das ações diretas e indiretas sobre a comunidade aquática. Com isso, usar organismos para a identificação da contaminação desses ecossistemas, é determinante para um monitoramento completo acerca da qualidade da água.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Multidisciplinary Reviews

How to cite

Sá, R. J. da S. de, Souza, A. G. S. de, Jesus, E. dos S., & Pereira Júnior, A. (2019). Indicadores biológicos de qualidade da água e as mudanças climáticas. Multidisciplinary Reviews, 2, e2019006. https://doi.org/10.29327/multi.2019006
  • Article viewed - 350
  • PDF downloaded - 158